Blog

Empreendedorismo: Confira 5 dicas para começar um carrinho de cachorro-quente.

Chegou a hora de ter o seu próprio negócio!

Você sabia que o sonho de 44% dos brasileiros é abrir o próprio negócio? Em meio à crise econômica e o alto índice de desemprego, muitas pessoas estão optando por investir em novos produtos para o mercado.

Uma ótima opção é o carrinho de cachorro-quente. Confira 5 dicas importantes para montar o seu!

Localização: é importante que seu negócio fique perto de áreas com grande movimentação, principalmente no horário do almoço, ao final da tarde e à noite. Opte por pontos que já garantem público constante, como grandes centros comerciais, faculdades e colégios.

Ponto: Apesar de ser um espaço pequeno, para lanches rápidos, garanta ao seu carrinho de um ponto que dê segurança para seus clientes. Se possível, opte por ruas com menor movimento de carros e com uma calçada larga. Ao mesmo tempo, decore-o de forma bem visível e invista em boa iluminação para períodos noturnos.

Estrutura: o tamanho da estrutura vai depender do capital que você vai ter quando for abrir e da variedade de produtos que pretende ofertar. Quando o papo é equipe, o ideal é que duas pessoas atuem na manipulação do alimento, para darem agilidade à produção, e uma possa fazer serviços de apoio e receber pagamentos.

Pesquise e divulgue: antes de abrir o seu negócio, faça uma boa pesquisa no ponto em que pretende trabalhar. Converse com o público, entenda suas necessidades e monte seu cardápio! Aproveite este período anterior à abertura para divulgar o novo negócio: deixe materiais nos pontos comerciais e invista em redes sociais.

Preço e produto: como é um empreendimento que está começando, para que o público conheça e aprove seu lanche é importante não deixar o valor muito acima dos concorrentes. Faça cada cachorro-quente como se fosse único, mostre o diferencial e fidelize o máximo possível de consumidores.